14 abril 2012

Inês


O meu sorriso desfaz-se…
     _Não Íris, o papá e a mamã eram amigos, melhores amigos._ O seu rosto fica confuso e as suas sobrancelhas franzem-se como quando esta a fazer os seus problemas de matemática.
     _ Mamã?
    _ Sim meu amor. _ Respondo com cautela… e curiosidade, pois já posso imaginar a intrínseca rede de pensamentos que desenrolou, tão profunda que provavelmente encontrou algures um nó.
   _ Mas eu sou amiga Fred! Eu não quero ter filhos com ele, nem dar-lhe beijinhos! Blac, que nojo._ E agora mostrava-me a sua cara de quando a obrigo a comer sopa de abóbora.
    _ Mas não tens de ter filhos com o Fred. Que ideia. Eu e o papá eramos amigos diferentes.
    _Mas o Fred é o meu melhor amigo! Tu disses-te que ele era o teu melhor amigo também.
   _ Bem eu estou a ver que estas a ficar confusa, se calhar a história pode ficar para amanhã. Que achas de irmos até ao parque andar de baloiço?
     _ Está bem, mas vou precisar de um gelado!
     _ Ai sim?!
     _ Sim mamã. Está muito calor e ainda não me deste o lanche!
    _ Ora não seja por isso, faço já uma sandes e um copo de leite para a minha princesa._ E assim que me levanto ela pega na minha mão e diz:
    _Não mãe deixa lá. Vamos demorar muito e depois fica de noite, é melhor irmos depressa para o parque.
     _Tens razão. Comemos as duas um gelado então.


Sem comentários:

Enviar um comentário